2 de ago de 2011

A neta de Lula e a patifaria da Folha

Por Altamiro Borges

O que poderia ser uma simples notícia virou mais um factóide da Folha contra Lula. Num texto totalmente editorializado, típico da escandalização da política praticada pelo império Murdoch, o jornal publicou no domingo (31) que a empresa OI financiará uma peça teatral que tem no elenco uma neta do ex-presidente. O preconceito de Otavinho Frias contra o ex-operário é doentio!



“Depois de socorrer uma empresa do filho do ex-presidente Lula, a Oi vai financiar peça de teatro que terá no elenco uma neta do petista. A produção, que busca patrocínio há um ano e três meses, conseguiu a ajuda após promover na mídia a participação da jovem. A peça ‘Megera domada’, de Shakespeare, marcará a estréia de Bia Lula, 16, filha de Lurian Lula da Silva, nos palcos”.

Desinformação e veneno

O texto é puro veneno. Ataca o filho e a neta do ex-presidente numa só tacada, sem apresentar provas de algo irregular. Diz que a peça é “estrelada” pela “neta do petista”, uma jovem de 16 anos, quando a atriz principal é Giovanna Ewbank, esposa do artista global Bruno Gagliasso. E ainda insinua que a OI é a única patrocinadora – quando são várias empresas envolvidas no projeto.

A própria operadora de telefonia já esclareceu que é “uma das maiores patrocinadoras de projetos culturais” no país. Somente neste ano, a OI aprovou 187 projetos em seu Programa de Patrocínios Culturais Incentivados nas áreas de teatro, artes visuais, cinema, cultura popular, dança, música e novas mídias. A peça citada não é seu único patrocínio, como a matéria deixa implícito.

“Jornalismo de esgoto”

Entre outros beneficiados pela tele, com base na Lei Rouanet, estão vários artistas globais, como Jô Soares. O próprio diretor da peça “Megera domada”, o escritor Walcyr Carrasco, é autor de telenovelas da TV Globo e colunista da revista Veja. Se não fosse a participação da “neta do petista”, a Folha não faria qualquer escarcéu. Seu único objetivo é atingir o ex-presidente!

O novo ataque da Folha confirma o rótulo de “jornalismo de esgoto” dado pelo blogueiro Luis Nassif. Para ele, a matéria “é uma perseguição descabida. Pretende estigmatizar todos os parentes de Lula”. Ele lembra que Mônica Serra, filha do ex-governador tucano, tem uma ONG, a ‘Se Toque’, inteiramente bancada pela Sabesp. “A ONG não cumpriu as metas fixadas no ano passado – visitas a escolas. E faz-se um carnaval porque uma neta de Lula é atriz em uma peça”.

Postado por Miro em seu blog " Um TRINCHEIRA NA LUTA CONTRA A DITADURA DA MIDÍATICA"

Nenhum comentário:

Postar um comentário